sexta-feira, 25 de fevereiro de 2005

Dumbo%20enfermaria
A vida do meu pai tem agora duas datas e um sentido inteiro.
Adeus, papá!
Não sei porquê, mas reparei que, na última vez que me despedi de ti, foi em jeito de tempos e lugares distantes:
"Tá-tá, papá!"

9 comentários:

Anónimo disse...

Tão querida!
Tá-tá, Pintor, não te preocupes, a tua menina fica connosco _ IO.

Anónimo disse...

Madalena
Fui de uma infelicidade extrema no comentário que te fiz no meu post anterior. Peço desculpa, mas estava longe de imaginar sequer o que se teria passado, coisa que adivinho agora pela natureza dos comentários que tens recebido e pelo teu próprio post de despedida a teu Pai.
Dexo-te aqui um beijinho de muita solidariedade e muita amizade neste momento difícil

Espumante
(Está aónimo prque estou a usar um computador de outrém e que não aceita a minha palavra passe. Beijinho, Madalena e outro da Passadaque chegou ontem de Maputo)

Águas de Março disse...

Um abraco muito grande também.
Não esquecas o que te disse ontem, minha querida.
Beijo.

lique disse...

Um abraço grande, amiga. Não me apercebi do que se passou, egoisticamente enfiada nos meus próprios problemas. Um beijo de amizade.

Anónimo disse...

Madalena
Soube hoje.Um grande abraço.
ana

Cin disse...

Um abraço apertado e um beijinho especial, Madalena.

Diogo disse...

Olá Mãe
Como sabes, ramemente venho ao teu blog, mas desta vez disseste-me que tinhas escrito sobre o Avô e não resisti em vir dar uma espreitadela.
Está lindo, e o Avô está de certo (mais uma vez) orgulhoso de ti. Fiquei comovido, com a tua homenagem à única pessoa que gostava dessinteressadamente de ti. Ele tinha um grande orgulho em ti e a esta hora está é de certeza o teu fã nº1 deste teu blog. Gostei muito.

madalenasantos disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
jpt disse...

os meus sentimentos.