domingo, 22 de maio de 2005

1998, o ano que mudou a parte oriental da cidade

expo
A Expo abriu as portas a 22 de Maio. De 98, claro!
Nenhum português que se preze, vulgo "tuga", acredita na sua própria capacidade de tornar realidade um sonho bom.
Quem conhecia a parte oriental da cidade, tinha ainda mais dificuldade em acreditar.
A Exposição foi só o princípio de uma "requalificação urbana e ambiental", um dos objectivos ambientais explicitados pela própria organização.
Hoje, passados sete anos, a Expo é um lugar muito aprazível.
O Centro Comercial Vasco da Gama tem uma esplanada única, acessível a qualquer bolsa, pois não há consumos mínimos nem obrigatórios, de onde se pode desfrutar a vista também única, de onde os nossos olhos podem sentir o prazer de atravessar o rio acompanhando o ligeiro ondular da Ponte Vasco da Gama.
Aconselhável a todos os que precisam, como eu, regularmente, de um upgrade dos sentidos...
(Estive para te roubar a palavra "upgreide" Mitsou!)
Ainda tentei apanhar o sol que se escondia atrás daquele emaranhado belíssimo que é a Gare do Oriente.
Quase consegui!
gare e pordossol

6 comentários:

t-shelf disse...

E eu a completar um quarto de século nesse mesmo dia. Ai que nostalgia...

Laura Lara disse...

E eu que tenho a sorte de morar tão perto...

Emilia disse...

Olá Madalena!
Como sabes os meus locais são mais cá para cima mas isso não me impede de também achar lindíssimas a Gare do Oriente e a Ponte Vasco da Gama!
Um abraço,
Emília.
P.S. Não vale a pena dizer que visitei a Expo 98 pois não? (E mais do que uma vez!)

C.S.A. disse...

Eu não estou tão certo de que a coisa (a zona) continua bem e continuará bem (por ex., excesso de construção em relação ao plano original). Que a zona ficou linda, é verdade, e obrigado por mo lembrar.

Mitsou disse...

Eu também gosto muito de lá ir, a essa esplanada. Ficar a olhar para o Tejo. Serenamente. E ainda me sinto orgulhosa do feito que tantas dúvidas levantou. Beijinho grande, Madalena, e uma óptima semana.
P.S. Podes roubar as palavras que quiseres, linda :))

Ni disse...

Aí está um belo exemplo,de que somos capazes...é só unirmo-nos todos e fazer o mesmo ao País.