quinta-feira, 18 de agosto de 2005

Teacher's lifestyle

A vida dos professores vai mudar: os políticos prometeram e a gente sabe que eles, sempre que prometem, cumprem.
A primeira etapa já está: fizeram uma reunião (ou mais do que uma), com os Conselhos executivos da escolas, para divulgar a equação mágica da ocupação dos professores, de modo a que o resultado fosse 35 horas. Nem mais! Nem menos!
Sete horas é quanto eles nos vão obrigar a trabalhar sozinhos!!!
As vinte e oito que sobram é para trabalhar acompanhados: as aulas, as reuniões e as horas de "apoio ao estabelecimento".
Por mais voltas que dê à cabeça, não vejo muitos postos de trabalho disponíveis, neste "estabelecimento", para tantos professores. E espaços, ainda menos!
Mas imaginação é coisa que não nos falta e vai daí até se pode substituir o espantalho por um professor, quando o espantalho meter artigo cento e dois!
espantalho
Eu temo que já haja até um espantalho, à espera de alguém que esteja na hora de "apoio ao estabelecimento" e o vá render. Este:
espantalho 102
Obrigada, Teresa, pelas fotos!

3 comentários:

Teresa Leite disse...

Só tu me fazias rir também. Creio que há já um espantalho a substituir (eu). Não morri, estou apenas estendida, já que não faço nada pelo menos apanho ar junto da ex-horta. Pode ser que caia alguma laranjita e assim nem preciso movimentar um braço. Com a vedação também posso imaginar que estou de férias num espaço de turismo rural.
Tenho pena de ter 7 horas para trabalhar sózinha, devíamos estar todos juntos as 35 horas. Como não cabemos no interior sempre fazemos o lago e vamos aproveitar a "aiola", boa?

Luachimo disse...

Já não era sem tempo:-)))
Afin al os políticos também servem para alguma coisa...

t-shelf disse...

Qualquer dia descobrem que podem poupar mais uns trocos se despedirem os auxiliares de educação e puserem os professores de vassoura na mão essas tais 7 horas. Isso é que vai ser ...