sábado, 20 de agosto de 2005

Trinta e dois!

casamento
Avião sem asa, fogueira sem brasa
Sou eu assim sem você
Futebol sem bola. Piu-Piu sem Frajola
Sou eu assim sem você
(...)
Amor sem beijinho,
Buchecha sem Claudinho
Sou eu assim sem você
Circo sem palhaço, namoro sem amasso
Sou eu assim sem você
(...)
Neném sem chupeta, Romeu sem Julieta
Sou eu assim sem você
Carro sem estrada, queijo sem goiabada
Sou eu assim sem você
(Pedaços de "Fico assim sem você" da Adriana Calcanhoto)
Já toda a gente adivinhou a efeméride?

29 comentários:

Anónimo disse...

Parabéns!Se a efeméride é a que eu penso,muitos parabéns aos dois pombinhos!Gozem bem o dia,e a tanta vida que ainda vos espera.
um beijinho
ana

Bárbara Vale-Frias disse...

Em primeiro lugar, muitos parabéns por essa maratona de 32 anos :) Que o dia seja muito feliz!

Em relação àquilo que me perguntas, foi sim este Avô! :))) Que legado, não é?

Uma vez, minha Avó materna, a meu pedido insistente, ligou para casa de um tal Adolfo Coelho da Rocha cujo número aparecia na lista telefónica (eu sempre tive grandes ideias mas também sempre fui demasiado tímida para as executar!). A ideia era somente perguntar se era da casa do Miguel Torga e dizer que tinha uma neta que lhe ia escrever uma cartinha.

Só que, entretanto, como minha Avó era do Norte e tinha andado itenerante por muitas localidades, atrás dos meus bisavós, que eram professores, lá encontraram, no meio da conversa, amigos e conhecidos em comum e ficaram mais de uma hora à conversa!

Acabei mesmo por lhe escrever uma carta deliciosa mas ele já havia avisado minha Avó de que não respondia a nenhuma carta... não sei bem porquê, durante meses alimentei uma grande esperança... em vão! :(

Madalena disse...

Obrigada querida Ana... Um beijinho grande para ti!

Madalena disse...

Cokas, ele nunca respondia a cartas e raramente dava entrevistas.
Era um senhor muito sisudo e tinha uma má relação com a popularidade.
Foi um avô do Jorge (meu co-maratonista!!!) que me deu o primeiro livro dele. Devo-lhe isso e sempre que se fala de Torga vem agarrada a recordação desse avô que só era meu por empréstimo, mas de quem eu gostei muito. Aliás todos gostavam dele!
Beijocas que hoje não me posso comover que a minha sogra também faz anos e tenho incumbências várias a cumprir!!!

Butterfly disse...

Muitos parabéns! 32 anos é de facto uma data que para além de longuíssima, muito bonita! Um grande beijinho!

Teresa Leite disse...

Muitos parabéns, 32 anos são uma estrada longa e curta, depende do ponto de observação. Longa porque os anos não enganam, curta porque achamos que não a vivemos e que havia muito mais a fazer. Este é o meu ponto de vista, talvez não seja o teu. Pra a frente desejo-te uma auto-estrada de felicidade (sem portagens),e que aproveites bem a paisagem a dois, ou a 4, ou a 6, ou a 6 + *********.Sê feliz.

António disse...

É fácil!
32 anos de casada.
É obra!
Parabéns e felicidades.

C.S.A. disse...

Querida Madalena, o passado e o futuro presentes. Que o rio corra e te inunde de bênçãos.
Beijo.

guevara disse...

bem...era mesmo isto que vinha cá fazer! DAr parabéns por 32 anos!

Através da Cokas descobri este cantinho, e agora, aos poucos, vou descobri-lo melhor, pode ser?

Ate breve!

=)

Madalena disse...

Beijinhos, Teresa! Há sempre dois pontos de vista, por muito que queiramos fingir que não! Mas vale a pena, claro! O tempo leva-nos a cor dos cabelos e a textura lisa da pele, mas dá-nos qualquer coisa parecida com a paciência!!! Lá terá que ser!

Madalena disse...

António, não custa nada! O meu filho diz que nos arriscamos a atingir os cinquenta. Logo te direi! Um beijinho também!

Madalena disse...

Cê, trouxeste um pouco da beleza que há lá nos teus lados. Isto é uma aventura africana: angolo-moçambicana!!!!!
Beijinho!

Madalena disse...

Guevara, obrigada pela visita.
Pelo menos tenho uma resma de comentários e fico toda contente.
Amanhã digo que me enganei e que é amanhã que faço anos de casada e volta cá tudo outra vez!!!!!!

renata disse...

que maravilhosa coincidência,ter vindo visitar-te e chegar a tempo de felicitar.te:) muitos parabéns,é uma data linda.celebra-a bem.beijinhos da sobrinha bette

Madalena disse...

Querida Renata: coincidência estar a visitar o teu blog e tu aqui. Beijinho grande!

Formiga Rabiga disse...

Muitos parabéns e um beijinho.
Um dia também quero celebrar uma data dessas, já não falta tudo : )

Laura Lara disse...

Tencionava aparecer apenas na próxima Segunda-feira, mas era imprescindível dar-te os parabéns por data tão importante. Ainda sou da geração que dá muito valor a estas datas. Algo me dizia que tinha que vir aqui hoje. Que a caminhada de 32 anos perdure, perdure, perdure... Um beijo muito grande

grzl disse...

que essa caminhada se continue a rever nos versos da Adriana Calcanhoto.
FELICIDADES para sempre, em união
um abraço
graziela

Jorge disse...

Mais CALCANHOTO, não! Já não consigo ouvir mais esse disco que a dona do blog ouve desespderadamente...
Eu bem sei que a maioria de quem comenta aui tem fundas raízes moçambicanas mas, podiam "parabenizar" o "inimigo" da outra costa que tem uma paciência de Job para as horas infindáveis que a vossa companheira passa agarrada a esta função. MAS EU DESCULPO:-)))

Anónimo disse...

Alô Madalena!Esta é para o teu querido Jorge:Ainda bem que não fui incluida,pois dei os parabéns aos DOIS POMBINHOS,de coração.Quanto ás costas,uma é a continuação da outra...e as duas se completam.
um grande beijinho
ana

th disse...

Em 20 de Agosto comemoro duas datas...o casamento de minha mãe, há 74 anos, e o nascimento da minha neta, há 25...beijo para ti, th

Cinda disse...

PARABÉNS!!!! Um beijo muito grande para os dois, cheio de amizade e admiração! :))

Madalena disse...

Formiga, se queres é como dizes, já não falta tudo!Beijinho

Madalena disse...

Laura, que bom apareceres por aqui antes da data. Ele há intuições!
Beijinho enorme!

Madalena disse...

Graziela, pois é! A metáfora da caminhada é muito pertinente. Há um ditado que diz que o caminho se faz caminhando... Beijinho!

Madalena disse...

Jorge, os parabéns são também para ti, claro!!!

Madalena disse...

Ana, beijinho a duplicar! Vês? duas teorias sobre as costas!!! lol

Madalena disse...

Theo, que giro! A minha sogra também faz anos a vinte. Normalmente jantamos todos numa celebração dois em um!
Beijinho e parabéns para a tua neta. 25 é uma idade linda! 75 anos de casados é uma miragem...

Madalena disse...

Cinda, obrigada pelo carinho.Beijinho grande para ti!