domingo, 1 de janeiro de 2006

(...)


daqui

11 comentários:

'Thought & Humor' disse...

There is a time for everything,
a season for every activity
under heaven. A time to be
born and a time to die. A
time to plant and a time to
harvest. A time to kill and
a time to heal. A time to
tear down and a time to
rebuild. A time to cry and
a time to laugh. A time to
grieve and a time to dance.
A time to scatter stones
and a time to gather stones.
A time to embrace and a
time to turn away. A time to
search and a time to lose.
A time to keep and a time to
throw away. A time to tear
and a time to mend. A time
to be quiet and a time to
speak up. A time to love
and a time to hate. A time
for war and a time for peace.

May 2006 be
your time to laugh,
embrace & receive
personal peace,
Dr. Howdy

Pitucha disse...

A whole new me é que eu não sei...
Beijos e excelente 2006 para todos os chora-que-logo-bebenses.

Laura Lara disse...

É, Madalena!
Não desperdicemos as possibilidades que sempre surgem para sermos felizes e que, muitas vezes, negligenciamos.
Beijinhos

Kamikaze disse...

Ó Madalena,

... 3, 2, 1 ... ... 3, 2, 1 ... ... 3, 2, 1 ... ... 3, 2, 1 ... ... 3, 2, 1 ... ... 3, 2, 1 ... ... 3, 2, 1 ... ... 3, 2, 1 ... ... 3, 2, 1 ... ... 3, 2, 1 ... ... 3, 2, 1 ... ... 3, 2, 1 ... ... mas, aí, nunca mais é meia-noite?

Beijo!

IO disse...

Mas não largues o impossível!!, bem puxado ele, às vezes torna-se possível!, BOM ANO!!, IO.

Emilia disse...

Bom ano!
Emília.

renata disse...

querida madalena,eusou preguiçosa e ja nao atualizava o blog deste dezembro...muito trabalho,mas também muita festa fizeram-me ainda mais malandra...um bom ano,minha querida! até breve.beijos bette

Carlota disse...

Muito obrigada por estes e pelos votos deixados lá no Lote 5!
A porta ficou encostada, para sempre que quiseres voltar.
Beijolas

luis manuel disse...

Isso sim !
Celebremos as possibilidades.
Elas estão "lá" !
Na fantasia de um Rato ou de uma bicicleta voadora - transporte preferido por E.T.'s na Terra.
Nas palavras cantadas de um Beatle ou de um irmão Gee.
No testemunho de uma Jane (sem Tarzan) ou na riqueza de vida de uma Yourcenar.
E o Pai Natal e a sempre nova linguagem infantil.
E no misturado com o bacalhau, embrulhado a rigor : o alívio do medo.
E a felicidade ... na memória, e no dia a dia presente.

Já não me espanto, por existir...
Agarremos as possibilidades, hum ?
Força em 2006

Um abraço

Kamikaze disse...

Ó Madalena,

O que é que se passa, rapariga?

Worried kisses!

lilla mig disse...

Que seja um ano em cheio para ti, Madalena! Beijokas grandes!