terça-feira, 14 de fevereiro de 2006

Há amores perfeitos

amorperfeito
Este, por exemplo, que a Bárbara plantou hoje, com uns meninos do quinto ano, num canteiro da escola.
Claro que há mais amores perfeitos.
Há amores perfeitos amarelos, também!
yellowamorperfeito
Havia quem estivesse a pensar que eu ia falar das tradições do Dia dos Namorados...
Para além disso, depois de ter lido o que ali foi inspiradamente escrito, não me atrevo a opinar sobre grandes beijinhos ou outros beijos.
Certo, certo é que o amor é bom e faz bem.
Amor perfeito só o do canteiro da minha escola.

4 comentários:

Emilia disse...

Olá Madalena, depois de ler o aqui sugerido não vou deixar nem um grande beijinho, nem um beijo, nem um beijão, vou antes deixar o habitual: GRANDE ABRAÇO.
Emília.
P.S. Excelentes beijinhos, beijos e beijões aqueles que lá encontrei. Obrigada Madalena.

Kamikaze disse...

Ó Madalena,

Concordo contigo, quando dizes que o amor é bom e faz bem.
A propósito da efeméride, amar por amar, NÃO! Se é para AMAR, que se ame à séria, no mínimo... perdidamente, como disse no meu Banzai!

Beijo... repenicado(pode ser?)!

lilla mig disse...

Sim, só mesmo esse!

Ni disse...

E esses amores perfeitos duram imenso e resistem às intempéries...
os outros?...Who Knows?
Beijinhos.