quarta-feira, 21 de maio de 2008

Estudos superiores

Ontem fui tomar café com o Miguel.
O Miguel é um sobrinho de coração que faz amanhã onze meses. É que eu preciso imenso de lições de vida com conteúdos como: alegria, futuro, esperança, cores, muitas cores, risos, gargalhadas, palavras novas, felicidade em estado puro, etc.
Tivemos tudo isso nesta primeira lição.
O Miguel recebeu-me informalmente, como se recebem os amigos, sentado no tapete no meio de uma sala cheia de luz. Disse "dá-dá" o que eu interpretei como sendo uma expressão de boas vindas. Abriu o seu sorriso maravilhoso e olhou para mim, como que a convidar-me a sentar-me ao pé dele.
Assim fiz. Há tanto tempo que não me sentava no chão, sem ser por recurso, por falta de cadeiras cá em casa!
O Miguel estava muito ocupado com dois brinquedos muito coloridos. Pôs a tocar as teclas de um telefone bem mais giro do que aqueles que há cá em casa. Este até imitava o som dos animais.
Conversámos perto de uma hora os dois sobre as coisas verdadeiramente importantes da vida: os primeiros passos, por exemplo. Ele confidenciou-me que está a pensar começar a andar sozinho daqui a um mês. Projecto sério! Eu limitei-me a dizer-lhe que continuasse a andar de gatas mais uns tempinhos, pois, assim que o apanharem a andar começam logo a exigir-lhe novo desempenho de outras competências. É que os grande são uns chatos de uns exigentes, lembrei-lhe eu. Ele concordou com um sorriso doce e uns olhos muito meigos.
O João Pestana andava por perto e o Miguel teve de dar por terminada a lição.
Obrigada, Miguel, por me teres ensinado a sentar-me no chão e a brincar.
Um dia destes eu volto, para me ensinares mais palavras, mais maneiras de rir, mais razões para acreditar que o futuro passa por nós mais do que uma vez na vida.

2 comentários:

Pitucha disse...

Que texto tão bonito, Madalena!
Beijos

casa.da.ponte disse...

Está uma ternura este texto e dá para imaginar a cena!
Beijinhos Madalena.
M.Dores