terça-feira, 6 de maio de 2008

Where have all the blue skies of May gone?


Where have the warm winds of Spring gone? It seems to me that this May isn't a true May!
Pete Seeger, o autor desta emblemática canção dos "loucos" sixties, tem agora 89 anos. Não sei porquê, mas a nostalgia do antigo calor de Maio trouxe-me à tona das lembranças a frase "Where have all the flowers gone" que se pode parafrasear a propósito de quase tudo.

3 comentários:

IC disse...

Também penso que "Where have all the flowers gone" se pode parafrasear a propósito de quase tudo, como dizes. Mas também me vou obrigando a perguntar-me se não andarei a esquecer-me de reparar bem nas flores que existem - nas que perduram e nas novas. Há que procurá-las... ;)
Mil beijinhos

ana pereira disse...

Como dizia o Gedeão,"as flores abrem-se em alguns olhares"e essas são de uma Primavera perene,não são só em Maio...
Um grande beijinho
ana

125_azul disse...

Que fim levaram todas as flores... Tenho violetas novas a desabrochar no meu consultório, papoilas vermelhas no jardim e girassóis, sempre, no coração. beijinhos, Maio feliz para ti (aceito aluguer de avó, o Migas vai adorar!)