quarta-feira, 18 de junho de 2008

Hoje acordei...

...com complexo de Principezinho.
A conferir:
-uma enorme vontade de fazer desenhos de jibóias com elefantes na barriga;
-um desejo também grande de encontrar no meu deserto alguém que me entendesse e conseguisse decifrar os meus desenhos, em vez de rir, troçar e achar que era/sou um caso perdido;
-um estranho impulso de arranjar um animal de estimação, que não fosse necessariamente um cão ou gato. Pensei em ovelhas, claro! e em vacas, daquelas dos anúncios aos chocolates com manchas pretas, ou brancas, muito bem desenhadinhas no lombo;
-a constatação de que eu sou duas pessoas em uma e que a pessoa crescida que há em mim é muito aborrecida (para não dizer “chata”, como dizem os ....);
- uma ânsia de pôr-do-sol;
- a certeza de ser responsável por todos aqueles que ao longo da vida cativei, o que nem sempre sai bem;
- a intenção de aprender a olhar para as estrelas, descobrir e reconhecer aquela que olha para mim e agradecer-lhe por isso;
Para a mentira parecer verdade, como dizia o poeta Aleixo, tenho de aprender a varrer ervas daninhas que se podem vir a transformar em gigantescos embondeiros; tenho de saber cuidar de uma rosa; tenho de aprofundar o significado de algumas palavras como “efémero” e “cativar”, para melhor a explicar ao principezinho.
Não vá eu encontrá-lo por aí!Os desenhos já fiz. Só falta o resto!

4 comentários:

Luisa Hingá disse...

A minha Mafa que é a mana da Mada tem uma coelha. Chama-se Megui e é linda. É uma boa ideia.
Um abracinho muito apertado. Agora já sei mais um "cadinho" pq não podes apanhar sol.
Beijinhos

Laura Lara disse...

Que texto tão bonito! Os desenhos são tão engraçados! Um dia, um amigo meu arranjou uma aranha...
Beijinhos, beijinhos, beijinhos, Madalena

Nela disse...

Beijinhos Madalena. Excelente texto.

casa.da.ponte disse...

Ainda vim a tempo desta leitura que me deixou ainda mais "vidrinho"...
Beijinhos e gostei muito
M.Dores