terça-feira, 29 de julho de 2008

Dia de Santa Marta

Gosto do nome Marta! De algum modo pode haver uma explicação para este gostar: algures na História de Dois Mil Anos, Marta e Madalena tinham em comum a amizade de Cristo. Marta era irmã de Lázaro, o amigo doente, milagrosamente levantado para a vida, e Madalena, uma pecadora arrependida e chorona. Daí o chorar que nem uma Madalena. Nem o estigma do pecado, nem o da choraminguice me diminuem o gosto e orgulho do nome que me calhou em sorte. Há ainda alguns estudiosos que afirmam que Marta e Madalena eram irmãs, baseando-se em nomes das terras e outros de ordem etimológica.
Seja como for: hoje é dia de Santa Marta e o património de Lisboa conta com um Convento dedicado à Santa, edifício que, hoje em dia, é muito mais conhecido pelos doentes do coração que ali acorrem em busca de uma solução para os seus padecimentos. Mas, atenção, o mal tem de ser mesmo físico, das aortas ou de outras artérias. Outros males de coração, ali, não se atendem! Isso é mais do foro do Santo António.Podemos encontrar aqui uma interessante informação sobre o Convento onde hoje as ciências médicas e a arte se misturam em harmonia. Entre a mini-esplanada do bar e a entrada para o Museu Mc Bride está exposta uma peça com muito tempo e valor.
Os espaços dos claustros, refrescados por um jardim e "animados" por uma fonte são dignos de um passeio desconstrangido das aflições que normalmente pairam sobre os lugares onde também habita a doença.Atenção aos lindíssimos azulejos que não "falham" ao longo de todo o passeio pelo convento.
Com a construção de um novo hospital, esperemos que a Cultura faça alguma coisa por este importante património, agora entregue a outras causas.

1 comentário:

CMP disse...

Mais uma vez sinto que estou mais rica e mais culta. É bom aprender com pessoas como tu, Madalena. Beijinhos