domingo, 8 de fevereiro de 2009

(...)

A Tia Árvore começou aqui, isto é, nasceu aqui.Em jeito de homenagem, de boas-vindas à Vida, dediquei-o à Stela, que ontem esteve presente a dar, por sua vez, as boas-vindas à Tia Árvore. Pressurosa, vaidosa e pestanuda, estendeu os ramos para a abraçar, pela primeira vez, mas nada de colos que isto de colo da mãe não se troca por nenhum ramo de árvore! Foi uma emoção muito linda!
Espero que o avô me faça chegar o registo fotográfico do momento!!!! Obrigada Stela, por te ter roubado um bocadinho ao teu ó-ó! Muito obrigada Marta, pelo teu carinho de sobrinha. Obrigada, Nelson, por teres estado lá e teres levado as meninas. Espero que tenham gostado e que a Tia Árvore vos faça boa companhia!À hora do "banquete", claro!

9 comentários:

Luisa Hingá disse...

Eu sou tão despassarada que deixei um comentário na outra página.
Imprimi a história e a Mafa vai lê-la no colégio.
Beijinhos e parabéns
Luísa

Luisa Hingá disse...

Onde se encomenda o livro????
Beijos

Pitucha disse...

Espero que tudo tenha corrido bem.
Beijos

Espumante disse...

Foi um prazer muito grande ver a tua alegria pelo momento.
A Marta está muito vaidosa também pela dedicatória do livro.Tenho a certeza que ela mandará fotos hoje.
Um beijinho e parabéns.

Henrique disse...

Lamentavelmente, não pude estar presente (quando fiquei disponível, estava o Diogo a mandar sms,que já tinha acabado). Mas estive em pensamento! Todo o sucesso do Mundo!

Beijinho.

Passada disse...

Ainda estou a a recuperar do momento, porque ainda o estou a beber! Consegui roubar-te um pouquinho e termos um momento nosso , tão nosso que poucos o souberam (ainda bem)ou perceberam. A Stella foi a perguntar pela Madalena até Cascais. Chegou a casa, sentou-se no chão e meteu-se a ver com olhos de 3 anos o "seu" livro, o "seu" conto. "Mãmã, é minha história? É história da Stella?" beijos

José disse...

Madalena:
Foi uma coisa linda a vossa apresentação.
Simples,íntima,ternurenta,duma sinceridade comovente.Vocês foram estupendas na descontração e na transmissão duma amizade que se sente.
Dos livros, que ainda não li, sei que não me vão desiludir. Conheço o suficiente da capacidade que tem de abordar as coisas com simplicidade e serenidade que os seus apontamentos do blogue indiciam que antecipo que serão estupendos. Confesso-me admirador do espírito das suas divagações.
obrigado pelos momentos agradáveis que a sua leitura me proporciona.
Felicidades e um beijo de parabéns para si e para a Nini(que aparenta ser uma pessoa do melhor).
Carvalho

IC disse...

Fico feliz por perceber que correu bem (como não podia deixar de correr!). Não vou perdoar ao detestáfvel virus que me atacou não me ter deixado comparecer. Mas vou adquirir os livros e depois havemos de combinar um encontro aqui pelas Conchas porque não dispenso o autógrafo :)
Beijinhos

CMP disse...

Mada estás linda na foto. Adorei a história. É muito à frente : )