quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Do dia e dos dias

O que eu menos quero é acordar com polémica, conflitos e acidentes por causa do mau tempo. Mas é o que corre nos nossos noticiários, logo pela manhã. E conseguem acordar-nos!
Como diz o MEC (Não é bem o meu guru, mas quase!), só se prevê o previsível: a chuva no Outono e o as opiniões de Saramago. Apenas os trinta e dois novos planetas são capazes de embasbacar o nosso cérebro!
(Espero que um deles seja o asteróide B612! Pelo menos aí há alguém que leva a sério as ovelhas, as rosas e o pôr-do-sol!)
A propósito de Saramago, convém lembrar que a Basílica de Mafra foi consagrada neste dia 22 de Outubro, em 1730, dia dos anos de Rei D.João V.
O Convento de Mafra confronta-me com a minha pequenez, com uma falta de sentido para a vida que não passe pela grandiosidade daquela imensidão de pedra recheada de memórias de homens mais fidalgos ou menos fidalgos que conseguiram elevar a pedra além da paisagem.
Gosto de Mafra. Gosto do Memorial do Convento de Saramago e tenho pena que os senhores que contestam as opiniões do escritor não tenham lido nas páginas do Memorial do Convento, no pensamento do Padre Bartolomeu de Gusmão à conversa com Baltazar e Blimunda, a ideia de um Deus à medida das nossas imperfeições, com a capacidade de perdoar que, a existir, só pode ser divina.
Só há um perdão possível: aquele que transcende a nossa compreensão!
Foi sobre Saramago e o Memorial que eu escrevi, há anos, uma pequena sugestão de leitura que foi publicada no Jornal cá da terra. Vou deixá-lo, tal e qual, guardado aqui.

13 comentários:

Belita disse...

bom dia obrigado pela visita e pelas palavras tenha um optimo dia beijinhos

Natália disse...

Madalena
Obrigado por se lembrar sempre de mim e pelo seu carinho,que isto nestes últimos dois dias tem andado muito complicado por causa do meu filho,a minha cunhada não sabe,se não fica tu tudo em alvoroço.
Beijinhos e um Bom dia

Xekim disse...

Olá Madalena.

Boa tarde, boa tarde.

Passei para lhe desejar uma feliz quinta-feira.

Beijinhos, Madalena.

Graça Pereira disse...

Madalena:
Tal como tu,acho a grandiosidade do Covento de Mafra, algo que nos esmaga, no melhor sentido da palavra.
De Saramago, só li o "Memorial do Covento" e gostei. Posteriormente abordei outras obras suas e, confesso que não apreciei. É uma escirta que, apesar de carimbada com o NOBEL( que me deixou orgulhosa) não me cativa, mas há que respeitar.
Quanto á obra "Caim" e as palavras menos próprias que ele disse, na minha opinião,são como um pequeno "ataque" a um povo ( que é o dele) maioritariamente católico e que nunca o acarinhou como devia.
E nestas entrevistas ele "desforra-se" e desforra a sua mágoa bem sentida. Na minha opinião...
Um beijo, minha querida e um bom fds.
Graça

Natália disse...

Bom Dia Setôra Madalena.
Espero que tenha uma excelente sexta feira.
beijinhos

Teresa disse...

Sou leitora habitual de Saramago como, em tempos, fui visita regular de José Franco. Há homens cuja obra se distingue, goste-se deles ou não. Aqui estão dois, bem diferentes por sinal. Li praticamente todos os livros de Saramago e, salvo uma ou duas excepções, gostei muito. Do homem tenho menos a dizer, mas considero-o uma figura respeitável.
Este post deu-me vontade de reler o memorial do convento. Quanto a caim, ainda não me apeteceu... Um dia destes...
Teresa

Natália disse...

Madalena.
Esqueça hoje as reuniões,o trabalho,aproveite o domingo que está lindo,e divirta-se,descanse,faça tudo a que tem direito.Você merece.
Beijinhos e Bom Dia

Xekim disse...

Olá Mada.

Estou a passar voando, para lhe desejar uma feliz semana.


Beijinhos, Madalena.

Ni disse...

Olá Madalena!
É sempre bom ler-te e já há algum tempo que não andava por aqui.
Um beijinho.

Natália disse...

Madalena um bom dia para si.
Beijinhos

Natália disse...

Bom Dia Madalena.
Hoje exijo um sorriso....Faça-me a vontade.
Beijinhos

Natália disse...

Madalena.
Já lá está o chá,espero que goste.
Beijinhos e as melhoras

Xekim disse...

Até amanhã, Madalena.

Beijinhos e uma feliz noite.