segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Aniversariamente: Cecília Meireles

Tu tens um medo:
Acabar.
Não vês que acabas todo o dia.
Que morres no amor.
Na tristeza.
Na dúvida.
No desejo.
Que te renovas todo o dia.
No amor.
Na tristeza.
Na dúvida.
No desejo.
Que és sempre outro.
Que és sempre o mesmo.
Que morrerás por idades imensas.
Até não teres medo de morrer.
E então serás eterno.
Cecíla Meireles

O medo de acabar! Assim, tão descarado, a dizer-nos quem é. Ele que nos bate à porta todos os dias, aparece-nos, pela voz da Poesia, a dizer-nos que afinal todos os dias nos renovamos!

11 comentários:

Natália disse...

Olá Madalena
Que grande verdade está expressa neste lindo poema.

boa noite e beijinhos

CMP disse...

Mt. bonito Ant Mada. How do you do?

josé disse...

Olá Madalena! Hoje pude ler o teu blog e acredita que me senti renovado.
Um bj.

José

Isabel Preto disse...

Olá, querida:
descobri agora pela Patrícia que afinal és também escritora! Também quero conhecer o teu livro e passei para te dar os parabéns.
Sabes, a Patrícia é a minha melhor amiga e tem-me ajudado muito. Ela é incrível.
Beijinhos

Madalena disse...

Natália, quando acho que não vou descobrir nada que me deixe assim, sem palavras. está tudo aqui.
Ant Célia, my dear, I could be better... If you were near... I miss you.
Olá Zé, que saudades! Nem reconhecerias o nosso "estaminé". Está lindo e frio. Está chique e moribundo. Mas não digas a ninguém! Ainda me despedem!
Isabel, não sou escritora, mas escrevo umas coisas para deixar aos meus netos. O próximo está pronto e deve sair um destes dias. depois digo-te e combinas com a Patrícia e v~em as duas ao lançamento. Ela deixou muitos amigos cá na escola, sabes.
beijos aos quatro! Obrigada pela visita.

Hindy disse...

Belo poema!

Um beijinho hindyado

Graça Pereira disse...

...E todos os dias morremos um pouco!
"Até não teres medo de morrer"...quando isso acontecer, "então serás eterno"!
Lindo este poema de Cecilia Meireles.
Quando se pensa na morte, ama-se mais a vida e quando se aprende a tuteá-la...deixa de ter importância!
Um beijo,querida conterrânea. Tatá!
Graça

Xekim disse...

Oi, Madalena..

Bom fim de semana com tudo de bom.

Beijinhos.

Natália disse...

Madalena
venho desejar-lhe um óptimo fim de semana.
É com muita pena que vejo que não quer ir ao baile,pelo menos via,não é preciso dançar.
Beijinhos e boa noite.

Natália disse...

Madalena
Para a semana vou colocar o problema da gripe,mas pelo que temos falado,ninguém toma,já varias amigas perguntaram aos oncologistas,e nenhum ainda disse para tomar.
O Dr. Vau a mim disse-me para não pensar nisso,mesmo a outra como nunca tomei,que não tomasse também.
beijinhos

Natália disse...

Olá Madalena
Desejo um bom domingo para ti e toda a familia.
Amanhã ponho o post. a pedir a opinião de todas as amigas,amanhã há mais gente,hoje está tudo de ressaca.
beijinhos