sexta-feira, 28 de janeiro de 2005

Blog Chá Dançante

As meninas e os meninos dançam?
Era assim: nós, as meninas, íamos ao baile (nos Velhos Colonos, por exemplo!) e ficávamos à espera que algum menino nos viesse buscar para dançar. Os que já estavam emparceirados, era mais fácil. Os outros lá esperavam todas as tardes dançantes que o destino desse um sinal...
Vá lá desenferrujar as pernas e dançar...

Estas adolescências ou juventudes não eram tão românticas como a patine do tempo pode fazer crer.
Vivíamos sob a alçada de preconceitos que ameçavam a imagem de nós próprios. Auto-estima, como hoje se diz, por tudo e por nada, talvez!
Esses preconceitos atiravam-nos contra espelhos, onde nos remirávamos tempos sem fim, à procura de uma resposta à pergunta eterna: Há alguém mais bonito do que eu? Ou menos feio? E o espelho mudo gozava com a nossa insegurança. Só lhe faltava mesmo gargalhar!
Tudo isto era vivido num silêncio muito contido, como tão bem Sue Towsend explicou no Diário de Adrian Mole.
Felizmente, as coisas mudaram!

13 comentários:

virna disse...

a culpa é do rock. foi quando começõu a separação dos corpos..
um beijo
virna

Anónimo disse...

Neste tempo, o do 'swing', tocava nos VC a 'Orquestra Papagaio' e o pianista, com pinta de Glenn Miller, era... o meu pai, que ainda chegou a tocar no intervalo da sessão do 'Manuel Rodrigues' _ um beijo grande, Madalena!

peciscas disse...

Pois era e alguns, só para abandalhar, quando chegavam junto da donzela diziam:" a menina dança, ou já tem gajo?"

R/B Estação disse...

E a menina? Dança?
Bom fim de semana.

Anónimo disse...

Esta Madalena enche-nos de mimos. Aos anos que eu não ouvia os Manfred Mann. E o despique entre os fãs do Elvis e do Cliff? E o hit parade da Estação B? "This is LM Radio". Lembras-te? :))
beijinhos muitos e votos de um fim de semana cheio de música

Anónimo disse...

Eh, pá, eu sabia as letras dos hits (de 1 a 10)da Estação B todos _ saíam ao sábado no 'onda pop' do 'notícias'. Era o tempo do transistor (rádio). Beijo, IO.

Madalena disse...

Eu tenho uma onda pop cá em casa...
O Luís Arriaga foi meu colega de liceu. Há um ano mais ou menos houve um jantar em Carcavelos em casa de uma antiga colega do Liceu. Foi giro!

lique disse...

Que recordações, Madalena! Aquela expectativa para ver se o "tal" nos vinha buscar para dançar... É, também apanhei esse tempo quando era muito jovenzinha. Depois, em início de namoros "a sério" já as coisas eram um pouco diferentes.
Quanto aos preconceitos e aos problemas de imagem, acho que continuam a existir. De outra forma se manisfestam. Mas existem. Beijinhos

Anónimo disse...

Em CARCAVELOS!?!!! _ IO.

th disse...

No meu tempo de menina, dançava-se o tango, a valsa, o slow, o passe-doble...lol, muito juntinho. Tudo o mais é igualzinho, ah mas tinha que ir a mãe connosco! beijo, th

Anónimo disse...

Há pouco, esqueci-me:
Quem tem medo do lobo mau?... Adorei a nova entrada!! _ beijo, IO

Anónimo disse...

Também conheci o Luis Arriaga quando ele era locutor da rádio universidade :)) Ó Madalena, queres ver que ainda fomos colegas de liceu, pá? beijocas laurentinas

Anónimo disse...

Esqueci-me de assinar...Estou a ficar cocoana, ehehehe
Cinda