sexta-feira, 18 de novembro de 2005

Isto sim, é dor!

Militar português morto numa explosão em Cabul.

4 comentários:

Mitsou disse...

Minha querida Madalena, depois de tão longa ausência venho pôr a leitura em dia e matar saudades. Tristes e desalentados os teus últimos posts, e com razão, amiga! Não sei que dizer-te, senão que entendo essa tua luta diária de Mulher inteira e professora dedicada. Por isso, deixo-te um grande beijinho e um abraço apertado!

Teresa Leite disse...

tens razão. O que vale uma aula, uma falta, um despacho, uma substituição, um qualquer devaneio da nossa ministra ? Nada! Uma vida humana, em nome de quê? Para quê?
Estou cada vez mais revoltada com tudo e com todos.

IO disse...

Madalena, deixa-me ser real: por ser português dói mais?, quantas crianças morrem todos os dias, por exemplo, no Afeganistão?... - um beijo para ti, um abraço sentido à família que vai ter um Natal triste.IO.

MCM disse...

È verdade o que diz o io, trite mas verdades...afinal todas as mortes têem de doer.E cada vez há mais.