segunda-feira, 23 de janeiro de 2006

A volta dos tristes

Aos domingos, em Lourenço Marques, íamos dar a volta dos tristes!
Às vezes era só meia volta: íamos até ao Zambi e voltávamos logo.
Outras vezes a volta era completa. Talvez fosse mais do que uma volta.
Íamos mais longe, para os lados da Costa do Sol.
Os carros rolavam vagarosos, como se estivessem também eles tristes de cumprir caminho, só para cumprir caminho.
Já em Portugal, continuei a ouvir falar da volta dos tristes e percebi que, pelo menos na zona de Lisboa,os tristes tinham mais rotas e destinos. Cascais, Malveira, Ericeira... Além disso, não eram tão tristes. Não sei bem porquê. Mas não eram mesmo.
costa do solmaputo
Imagem tirada do livro "Recordações de Lourenço Marques"

7 comentários:

Pitucha disse...

Toda a gente tem a sua voltinha dos tristes...
Beijos

espumante disse...

A título de curiosidade, posso dizer-te que este edifício está rigorosamente na mesma. Apenas mais sujo e os caranguejos, entretanto, cresceram, outros morreram :)))
beijinho

IO disse...

Eh, pá, nós lá em casa não tínhamos mesmo para o passeio das tartarugas lol - mas gostei mesmo de ver a foto!!, beijo, uma fã absoluta dos caranguejos recheados da Costa do Sol.

IO disse...

toma, vingança dos tristes... acima falta a palavra a bold:

Eh, pá, nós lá em casa não tínhamos mesmo paciência para o passeio das tartarugas lol - mas gostei mesmo de ver a foto!!, beijo, uma fã absoluta dos caranguejos recheados da Costa do Sol.

luis manuel disse...

Madalena

Ainda não tive oportunidade de dar a conhecer este página a amigos naturais de Moçambique.
Esta e a da Senda das Beiras.
Eu que nunca lá estive, aprecio a vossa memória, e aproveito cada viagem que é oferecida.

Beijinhos

dakidali disse...

Também nós íamos todos apertados no carro para a volta dos tristes. Mas gostávamos porque passávamos pelas "Vicentinas" para lanchar aquelas panquecas fabulosas e "waffles" com mel de cana que ador. Saudades.
Aqui para os meus lados a volta dos triste s é até à Nazaré.
Beijinhos Tété

dakidali disse...

Bolas. Isto hoje está mau. Em cima onde diz ador deve ler-se adoro.
Tété