sexta-feira, 21 de abril de 2006

Parabéns, Tia!

A vida real também tem glamour.
Olho para trás, visito o tempo em que fui menina e lá está o glamour na imagem da minha mãe e da minha tia, mulheres reconhecidamente bonitas e que sabiam pôr a sua beleza ao serviço do bom-gosto.
Tive outras tias, mas aquela a quem hoje me refiro, preenche a minha memória mais antiga: o dia do meu baptizado. Há um "flash" em que me vejo a sair de um carro para o colo da minha tia, junto à Sé de Lourenço Marques. Tinha pouco mais de dois anos.

E para quem não acredita nestas coisas das pessoas se lembrarem até tão longe, localizo este momento junto a um edifício que é hoje, presumo, um Hotel: o Hotel Rovuma!
imagem daqui
Para além de bonita, a minha tia era, e é, especialmente meiga e doce. Nunca, mas mesmo nunca a vi zangada. Triste, sim! As dores dos outros passavam por ela, como se fossem suas. Mas zangada, nunca! Coube-lhe sempre o papel de moderadora de conflitos, por isso mesmo.
Ter uma tia é de facto uma benção. É uma relação muito especial, cheia de ternuras e cumplicidades em que as altas responsabilidades da educação dos pais não interferem. É no colo de uma tia que se choram as incompreensões de que julgamos ser alvo por parte dos tais seres que nos deram a vida. E é do coração de uma tia que vêm as certezas absolutas que precisamos em momentos de insegurança. O afecto de uma tia não exige retribuição. O afecto das tias é generoso e basta-se a si próprio.
A tia, que tanto me adoçou os dias, faz hoje anos.
Parabéns, Tia Odete!

5 comentários:

dakidali disse...

Parabéns Tia Odete.
Obrigado Madalena por me avisares dos anos da Tia Odete. Já tinha vindo hoje ao teu blog mas ainda não o tinhas actualizado. Recordo a Tia Odete como um pessoa meiga, bem disposta e cheia de vida. Faz-me lembrar bons tempos e a minha Mãe. Dá-lhe um grande beijo meu.
Beijo grande para ti também.

Pitucha disse...

Dá um beijinho à tua tia Odete, de parabéns, com sabor a chocolate belga.
Beijos para ti

Laura Lara disse...

Claro que não poderia deixar de estar presente neste dia tão especial para ti.
Contigo digo: Parabéns Tia Odete!
Beijinhos

IO disse...

Parabéns, Tia Odete!! - a sobrinha e afilhada da Tia Lili (que me levou à mesma catedral da imagem, mas com 3 meses). Um beijo às duas, e tb à mana da tia festejada hoje, IO.

Ni disse...

Muitos beijinhos também para a tia Odete.Para ser assim acarinhada,tem de ser especial, tal como tu.Beijinhos.