quinta-feira, 6 de abril de 2006

Ser Professor. Com dedicatória: aos mais novos!

Somos tantos e poucos nos conhecemos, nos falamos, para além do bom dia. (Por vezes nem isso!
Acontece que quanto mais tempo se permanece na mesma escola, menos nos damos (eu dou) ao trabalho de conhecer os que por lá passam um ano, dois anos...
(Isto é uma auto-crítica e nada mais!)Acontece e é pena!
Porém, este ano, tenho aprofundado o conhecimento e cultivado a amizade com alguns mais novos. (Sem "desligar" dos que me aturam há quinze anos! Não passo sem eles!)
Uma delas é a Patrícia que é uma professora muito menina e muito professora, no bom sentido do termo, isto é: muito profissional. Isto dos blogs aproximou-nos ainda mais e já não passo sem o "Olá, Madalena!" que ela me dirige com um carinho que me faz muito bem. Obrigada, Patrícia!
Outro é o Luís, o professor de Português que partilha comigo uma turma com os os seus quês! Na aflição de pôr toda a gente a trabalhar nas tais não-lectivas, enganaram-se e uma tarde encontrámo-nos no mesmo espaço e à mesma hora. Quando quiseram desfazer o erro, não deixámos. Já tínhamos alinhavado um projecto de escrita criativa. Alinhavado e cosido. Nem pensar em desfazer, reivindicámos nós ao nosso CE. "mai nada!"
Ontem, a propósito das propaladas multas por causa dos downloads ilegais, o colega de Música e eu chegámos à conversa sobre as páginas da net. Ele disse-me que tinha uma página e eu fui espreitar. Só não lhe vou roubar a música, por causa das multas... (Já tenho um boné para arrecadar as moedas que hei-de ir pedir à entrada do barco...) É esta a página do Luís, Luís de Música. claro! Toda a música que lá está é dele.
Entretanto resolvi roubar-lhe um poema. Este:
Ser Professor

Ser professor é ser artista,
malabarista,
pintor, escultor, doutor,
musicólogo, psicólogo...
É ser mãe, pai, irmã e avó,
é ser palhaço, estilhaço,
espantalho, bagaço...

É ser ciência, paciência...
É ser informação,
é ser acção.
É ser bússola, é ser farol.
É ser luz, é ser sol.

Incompreendido?... Muito.
Defendido? Nunca.

O seu filho passou?...
Claro, é um génio.
Não passou?
O professor não ensinou.

Ser professor...
é um vício ou vocação?
É outra coisa...
É ter nas mãos o mundo de
AMANHÃ.

AMANHÃ
os alunos vão-se...
e ele, o mestre, de mãos vazias,
fica com o coração partido.
Recebe novas turmas,
novos olhinhos ávidos de
Cultura
e ele, o professor,
vai despejando
com toda a ternura,
o Saber, a Orientação
nas cabecinhas novas que
amanhã.
luzirão no firmamento da
Pátria.
Fica a Saudade...
a Amizade.
O pagamento real?
Só na Eternidade.

Não me identifico com o poema na íntegra. Eu só vou até ao farol. De qualquer modo, pareceu-me importante transcrevê-lo todo, tal como está afixado na sala do pessoal docente da E.S. de Castro Marim.
O que que quero mesmo é que sejam felizes, confessou o Professor Sebastião da Gama!
esse mesmo, o Poeta.
Também é de afixar em todo o lado!

4 comentários:

papoilasaltitante disse...

Pois é Madalene isso por vezes acontece, eu também já estou na mesma escola há uma boa dezena de anos e há essa tend~encia. Mas também tento nmisturar-me com a malta que chega e normalmente conheço gente boa e bastante profissional. Outras vezes nem tanto ..mas isso são outras histórias!
Quanto ao poema achei bem interessante e tal como tu não me identifico com tudo, mas com grande parte. Despertaste a minha curiosidade e lá irei visitar a página do teu jovem colega!
Bjs

Emilia disse...

Fiquei curiosa também. Láirei espreitar, claro.
Um abraço,
Emília.

Janeca disse...

Como é que me escapou este post?! É a velha história do "quem muitos burros toca algum fica para trás". A Patríca vai ficar muito feliz, tal como eu fiquei orgulhoso ao ler as tuas simpáticas palavras.

Patrícia disse...

Querida Madalena, obrigada pelas tuas palavras! Desculpa só ter visto hoje, mas a minha "poderosa chefona" Marisa convocou-nos para um trabalho extra de fim-de-semana (limpezas na fazenda com direito a pintura e tudo...) e por isso andei ausente. Prometo compensar-te! E mais uma vez obrigada...
Madalena, também adorei a sugestão que fizeste ao João para um post romântico!!! Ficou atrapalhado...
Beijinhos!