domingo, 4 de março de 2007

O Infante

"A 4 de Março de 1394, nasce, no Porto, o Infante D. Henrique, impulsionador dos descobrimentos portugueses."
Bem, isto foi muito antes da invenção do Happy Birthday to you,efeméride que a Chuinguita me "roubou". Foi só por isso que eu tive de chegar ao Infante D. Henrique o tal do chapéu, cujo design deve ter uma ousada assinatura. Só pode!!!
Foi ele que foi presenteado com a Madeira do Alberto João, em 1433. Não sei se tomou bem conta da Ilha, mas podia ter deixado em testamento o Não ao Alberto João. Isto não tem piada nenhuma, mas também o objectivo é só escrever qualquer coisa para não deixar morrer o blog que é, em parte, a minha memória...
E, já agora, a de quem está no "Top Mais" do nosso contentamento. Ou talvez não, como dizia um programa da TV! "Generoso Henrique" é como fala dele, no seu poema maior, outro dos portugueses nomeados.
(Hoje, ao contrário do que tem acontecido nos últimos fins de semana, não vou usar a Via do Infante!)
via
(Portimão vista da Via do Infante)
Desculpem este fazer, desfazer e refazer constante das "postagens" (Raio de nome!), mas a vida real está-me a deixar só postar aos bochechos e quando volto, dá-me ganas de refazer o bochecho anterior e é o que isto está a dar!!!

4 comentários:

IO disse...

Olá, eu sou a tal que esta madrugada me entecipei à Mad'... e como ela tenho a agradecer ao Infante ter nascido e crescido em terra a perder de vista: então, 'good morning', ao 'Rique', que até era bife do lado da mãe lol.
Beijo à Mad', sem mais, IO.

Pitucha disse...

Estava com saudades, ate preocupada, admito, com a ausência! E vai mudando o que quiseres, desde que por aqui continues...
Beijos

Madalena disse...

Beijinhos às duas. Obrigada pela visita. Gostava de ter podido fazer um post mais completo, mas isso será só quando a Via do Infante chegar a Sagres, ao "laboratório" do "Rique".

Laura Lara disse...

Não ficas muito zangada se te disser que não gosto lá muito do Infante D. Henrique? A minha preferêncua vai, sem dúvida, para o irmão, Infante D. Pedro.
Beijinhos