quinta-feira, 15 de janeiro de 2009

Aqui há inocência com I grande

O João estava triste. Para além dos olhos, a tristeza inundava-lhe todo o semblante e até o corpo franzino, que parecia não aguentar o seu próprio pouco peso, se encostava a uma coluna do telheiro que liga as várias salas de aula.
A professora passou por ele e, não podendo deixar de tropeçar na tristeza que estava ali, no meio do caminho, para ser "notada" por todos os que passassem, perguntou-lhe:
- O que é que tens, João?
- Foi o Pedro e o Miguel! Fizeram batota a jogar ao berlinde.
À laia de conforto, a professora convidou o João a entrar na sala e a esquecer os berlindes e a batota.
No fim da aula, o João foi ter com a professora e segredou-lhe, em jeito de lembrete, como se tivesse havido uma promessa de intervenção para repor a justiça transviada naquele jogo de berlindes:
- Não se esqueça de falar com eles, por causa do berlinde...
Imagem- Getty Image (modificada pelo Photoshop)

4 comentários:

Emilia Miranda disse...

Cara Madalena:
Eu e os pequenotes netescritores decidimos atribuir-lhe o prémio Dardos.
Verifique!

calamity jane disse...

E então? Falaste? ;-))

Zé Paulo disse...

Ando desaparecido, mas não esqueço pessoas como a nossa Madalena.
Um beijo para ti.
Zê Pê

CMP disse...

E mais...? Que aconteceu?