sábado, 21 de março de 2009

Hoje é o dia...

em que as árvores se encontram com a poesia, mesmo que, para isso, os versos de Camões tenham de sair do Poema Maior, às escondidas. Nisto de poesia, não há que esperar regras rígidas, nem impor normas e leis para sempre. Um "poeta é um fingidor", como diz "um" Pessoa nosso conhecido e um fingidor pode fingir tudo, até "a dor que deveras sente".Hoje é também o Dia da Trissomia 21. A todos os que foram tocados por esta condição ou qualquer outra que obrigue a ir à luta com todas as forças do coração, um abraço grande, grande!
Imagem:da Ana Sousa,do livro "A Tia Árvore".(Uma pequena montagem que será desculpada pela artista!)

4 comentários:

calamity jane disse...

Um beijo para ti

Gatapininha disse...

Olá
Também gostei muito de te ver:)
Adorei a Tia àrvore e as pulguinhas também. Peço desculpa pelo barulho da minha mais "piquena".

Espero pelas boas notícias de ontem:)
Jokas grandes

Ana Luisa disse...

Adorei ver a apresentação da tia àrvore!
Estavas mt gira, aquele lenço verde fica-t muitissimo bem! A tua simplicidade é única e eu fico feliz por ser amiga de uma pessoa como tu!!!
Obrigado pela tua amizade.

bjs desta tua recente amiga!

IC disse...

Madalena, tenho passado por aqui em silêncio, tal como por outros blogues amigos. Ando mesmo em pausa blogosférica e em fase... enfim... a precisar de vitaminas ;)
Mas venho deixar-te muitos beijinhos.