quarta-feira, 1 de abril de 2009

Parabéns, Diogo!

Andei por aqui à procura de um presente para ti e escolhi este poema de António Gedeão, teu "colega" de profissão!
Escolhi-o porque nos coloca perante os valores que nos orgulhamos de termos sido portadores, não tanto por tentarmos ser os pais perfeitos, que não somos, mas por termos tido a sorte de viver um tempo ímpar de culto desses valores, como a liberdade, ou melhor, as liberdades: a de escrever, a de falar e a essencial que serve de esteio a todas as outras.
Se misturares a liberdade com o sonho, obténs, certamente, momentos muito perfeitos.
E esses momentos serão para viver em cheio, Diogo!
Aos teus sonhos! Aos teus desejos!Eles não sabem que o sonho
é uma constante da vida
tão concreta e definida
como outra coisa qualquer,
como esta pedra cinzenta
em que me sento e descanso,
como este ribeiro manso
em serenos sobressaltos,
como estes pinheiros altos
que em verde e oiro se agitam,
como estas aves que gritam
em bebedeiras de azul.

Eles não sabem que o sonho
é vinho, é espuma, é fermento,
bichinho álacre e sedento,
de focinho pontiagudo,
que fossa através de tudo
num perpétuo movimento.

Eles não sabem que o sonho
é tela, é cor, é pincel,
base, fuste, capitel,
arco em ogiva, vitral,
pináculo de catedral,
contraponto, sinfonia,
máscara grega, magia,
que é retorta de alquimista,
mapa do mundo distante,
rosa dos ventos, Infante,
caravela quinhentista,
que é Cabo da Boa Esperança,
ouro, canela, marfim,
florete de espadachim,
bastidor, passo de dança,
Colombina e Arlequim,
passarola voadora,
pára raios, locomotiva,
barco de proa festiva,
alto forno, geradora,
cisão do átomo, radar,
ultra som, televisão,
desembarque em foguetão
na superfície lunar.

Eles não sabem, nem sonham,
que o sonho comanda a vida.
Que sempre que um homem sonha
o mundo pula e avança
como bola colorida
entre as mãos de uma criança.

7 comentários:

Pitucha disse...

Parabéns.
Beijos

calamity jane disse...

Parabéns ao Diogo e à mãe (és tu? :-))!

beijos para ti, sejas a mãe ou não...

ana pereira disse...

muitos parabéns ao Diogo e aos Pais,votos de muitos sonhos realizados!
Um grande beijinho
ana

CMP disse...

Happy birthday! Mts bjinhos aos dois! ( alguém deve estar a pensar: 'Tá-se a passar. :)) Não, n estou, já sou passada, só q disfarço bem! : ) às vezes: ). Boas férias ant Mada!

AEnima disse...

Parabens! Oh que bom receber estes miminhos da mae :D

Anónimo disse...

Parabéns ao Diogo e à Mãe Madalena!
Ah e ao Pai Jorge...
Beijinhos
M.DORES

Luisa Hingá disse...

Parabéns ao Diogo e aos pais.
Adoro esse poema.
Beijinhos