domingo, 16 de janeiro de 2011

Os Dias De Nevoeiro

Os dias de nevoeiro parecem-se muito com a Vida: o que está mais para além, no tempo e no espaço, está envolto numa indefinição, numa bruma, que obriga a cuidados redobrados nos passos que há para dar!
E nós, apesar de tudo, apesar do despojo do Inverno que nos expõe numa nudez fria dos ramos sem folhas, erguemos os ramos, ou os braços, e continuamos de pé, acreditando ser possível desbravar as nuvens baixas e seguir um caminho mais perto do azul do sol!Há post gémeo no facebook

3 comentários:

IsaLenca disse...

E em dias de nevoeiro é bom poder contar com ajuda: os navios têm os faróis, oas automóveis também...e as pessoas mesmo que dêm pequenos passos, por vezes incertos, sabem que podem contar com uma mão que as guia para poderem passar para o lado luminoso e limpido.

Boa semana....sem nevoeiro!
Bjs

Janine disse...

"E nós, apesar de tudo, apesar do despojo do Inverno que nos expõe numa nudez fria dos ramos sem folhas, erguemos os ramos, ou os braços, e continuamos de pé, acreditando ser possível desbravar as nuvens baixas e seguir um caminho mais perto do azul do sol!"

Que lindo texto, querida Madalena...
Eu acredito que é possível desbravar as nuvens baixas...
Há dias em que o nevoeiro é demasiado, mas há outros em que o céu é demasiado, demasiado azul! É por mais dias como esses que vivemos...

Um beijinho enorme

Guida Palhota disse...

Xiiiiiiiiiiiiii! Olhem aqui este blogue!!!
Nem posso crer que nunca mais me tinha lembrado disto!
Madalena, por favor, perdoa-me.
Lembro-me de ter comentado no FB os posts a que chamas gémeos e de, nessa altura, ter descoberto que tinhas um blogue, que até juntei aos Favoritos do "Mamas à Lupa". Mas parece que logo a seguir tive uma branca...
Vou espreitar o resto e depois volto.
Para já, gosto da árvore despida em dia de nevoeiro, tão solitária e triste como nós, tantas vezes...

um beijo