quinta-feira, 2 de junho de 2005

Johnny Tarzan Weissmuller


A casa de Tarzan: a selva!
Obrigada casal Tarzan, por me terem recebido sempre bem na vossa casa. É preciso é saber interpretar o grito. Poucas falas, muita acção e muito amor!
No cinema, há personagens que ganham vida na vida dos actores que lhes vestem a pele.
Johnny Weissmuller emprestou a sua olímpica forma física, a altura, a musculatura, o grito, ao herói de Edgar Rice Burroughs, Tarzan.
Peter Jonas Weissmuller nasceu a 2 de Junho de 1904, na Roménia.
Ganhou cinco medalhas de ouro no Jogos Olímpicos de 1924 e 1928 e foi considerado o melhor nadador da primeira metade do século vinte.
Depois veio então o tal Tarzan, cuja história contém os ingredientes todos do sucesso e que confundiu para sempre, na versão da tela, o herói e o actor.
Tarzan sobrevive nos quadradinhos, onde é eternamente feliz ao lado da sua Jane.
Weissmuller morreu em a 20 de Janeiro de 1984.
tarzan
Fico à espera dos comentários, para aprender mais sobre o Tarzan...

4 comentários:

Carlos Barros disse...

eu agora vejo esse tarzam que tens ai a imagem sou bombardeado por ele a toda a hora e todo instante no canal disney que é o canal oficial cá de casa... mas gosto mais é mesmo do timon e pumba

Incompetente disse...

Ó Madalena,

Do rapaz espadaúdo com um caparro de fazer medo ao susto e que falava com a bicharada, nunca ouvi falar.

Já os nomes "Jane" e "Cheetah" me fazem ring a bell. Mas devo estar equivocado, n'est-ce pas?

O que eu gramo bué é o scream do homem-macaco: ora vai aqui(http://www.johncolemanburroughs.com/tarzan/mgmyell.mp3)e carrega no play!

AAHHAAAAAAHHAAAHHHHAHHHHAAHHAAAAAAHHAAAAAAAAHHAAAAHHHHHH!

Beijo... pendurado em liana!

Anónimo disse...

O Drákula também era romeno?, eu gosto mesmo é da macaquita, e de macaquitos! - beijo, primata IO. Madalena, deixei-te uma sugestão no 'post' da S.Signoret.

Laura Lara disse...

Como achei engraçado recordar "O Grilo". Havia também "O Mosquito", o "Pim Pam Pum", "O Pirata", não era?
O Tarzan/Weissmüller não foi nunca personagem da minha preferência.
Beijinos, Madalena