quarta-feira, 1 de junho de 2005

Nós e eles, todos crianças!

Compete-nos a nós, gente crescida, pensar sobre as coisas da gente miúda.
Temos que aprender com eles a sonhar e partir à procura dos arquitectos e dos engenheiros desses sonhos.

Se esta rua, se esta rua fosse minha,
Eu mandava, eu mandava ladrilhar
Com pedrinhas, com pedrinhas de brilhante,
Para o meu, para o meu amor passar

2 comentários:

Mitsou disse...

Querida Madalena, li os textos todos e deixo-te aqui o meu beijinho carinhoso e de admiração pela grande Mulher, Mãe e Professora que já inspirou e amou tantas crianças. Orgulho-me de ser tua amiga!

Emilia disse...

Olá Madalena:
Que bom ter ou ter tido uma infância feliz!
Um abraço,
Emília.