terça-feira, 19 de julho de 2005

O pintor das bailarinas


Imagem daqui.
Reafirmo que nada sei de pintura, mas já concluí que os motivos mais frequente nas telas de Degas são as bailarinas...
Procurando um pouco mais sobre o homem, confirmo o ditado: a dificuldade aguça o engenho. Neste caso, foi precisamente o sentido que deslumbrou nos outros, aquele que lhe infligiu a provação: a visão!

4 comentários:

eduardo disse...

Bom dia, Madalena.
Passei perto e não podia deixar de te vir cumprimentar.
O tempo não tem sido muito (nunca mais me sai o totoloto) mas já me actualizei nos teus textos.
Tens aqui fotos muita lindas e estás feita uma blogger de primeira. Mas não consigo acompanhar a velocidade com que editas os teus posts.
Vou tentar aumentar a pedalada. :lol:

Boa semana.

C.S.A. disse...

Madalena, lembras-te de um «spot» que dizia: «E se, de repente, alguém lhe oferecesse flores?»
Beijo para ti.

Incompetente disse...

Madalena,

Uma vez mais, ao serviço da cultura...

Um impressionista impressionante, este Degas. Também sou apreciador.

Ah, já agora...! Tens correio.

Beijos incompetentes!

espumante disse...

Já "usei" Degas um par de vezes na minha chafarica, apesar de não ter sido bailarinas. Mas Degas é, naturalmente, dado a bailarinas.
Beijinho para ti