sábado, 23 de julho de 2005

Tralhas da memória

RC calhambeque
Gosto da palavra tralha. Tem uma conotação que a torna menor aos olhos de quem a lê, mas depois, "vai-se a ver" e refere-se a coisas boas e a palavra tralha só ali está par disfarçar emoções. É a palavra ideal para disfarçar emoções.
Grande tralha é o reportório do Roberto Carlos, sobretudo aquelas cantigas primeiras como o calhambeque. Bipbip, quero buzinar o calhambeque! pipirupiripirubi... vrummmm.
Hoje à tarde, a RTP Memória transmitiu um programa de luxo, sobretudo para quem não viu a televisão nos seus primórdios, em Portugal.
É o meu caso!
E gostei de ver, pela primeira vez, o Roberto Carlos a cantar Coimbra.

8 comentários:

espumante disse...

Vais desculpar-me, excomungar-me até, desejar que eu arda nos fornos do mafarrico... mas não resisto :)))É que não é possível ler o teu post sem o associar à "tralha guterrista". E não fui eu que inventei o termo. Foram outros, muitos deles do próprio PS.

A diferença é que à tralha guterrista só eles mesmo, a tralha, é que acham graça.:))
Não te zangues conmigo mas tinha de me sair isto :)))
Beijinho e um fim de semana pleno!

Incompetente disse...

Ó Madalena,

Também vi esta reposição (e outras)há um mês ou dois atrás, no mesmo canal.
É bom recordar!

Beijo a preto e branco!

magude disse...

Já somos dois a gostar de tralha Madalena, ou não fosse eu a ter uma mala de porão a abarrotar....
E RTP Memória está cheia dela, que bem me sabe rever Agostinho da Silva, Vitorino Nemésio, David Mourão Ferreira e tantos outros que "por obras valerosas" se vão assim "da lei da morte libertando".
Como tu dizes, grande tralha!!!

Madalena disse...

Espumante, não me conheces bem e pensas que eu tenho cassette. Sou muito exigente em relação aos meus mais meus, de carne e osso, de sangue ou de coração, tanto quanto sou aos que não são meus. Também sou em relação aos partidos, a um partido que não passa de uma organização, não tendo para mim o valor que as pessoas "desorganizadamente" têm.Muito mais serei em relação ao PS que julgo ser o que está mais bem posicionado em termos de afirmação de defesa de valores muito importantes, como a liberdade e a justiça social. Nada do que tenho na vida devo aos partidos. Logo essa da "tralha" ser patologia guterrista não é diagnóstico muito acertado, não!!!
Inc, já tinhas visto? Estou mesmo pouco actualizada em termos televisivos. A culpa é disto...
Magude, mas a tua tralha é de qualidade extra! As minhas tralhas são mais de valise!
Obrigada pelas visitas!

Emilia disse...

Olá Madalena:
Eu sei que tenho andado desaparecida mas não estás esquecida. Ainda uns dias com "tralha" às costas e a conhecer umas paragens lindas.
Um abraço,
Emília.

espumante disse...

Madalena
Tu tabém não me conheces. De resto estes contactos virtuais geram isso mesmo. Um conhecimento que carece sempre da realidade intrínseca a cada um de nós.
Mas tenho muito (todo) o respeito pelas pessoas, sobretudo por aquelas ue me suscitam simpatia e amizade. Independentermente da forma como pensam, convicções políticas, religiosas, sociais e humanas. Mas tenho esta faceta brincalhona, gosto de ser "miúdo da cabeça" e, por vezes, excedo-me na forma como brinco com pessoas que, na realidadem, conheço mal. No teu caso, construí uma imagem humana que, como deves ter ppercebido ela forma como te comento, só pode ser boa. E quando isto acontece lá se "espalha" o Espumante em formas de humor que nem sempre são aceites pelos interlocutores. Bom mas isto para te dizer, que teho o maior respeito por ti, gosto de ti, gosto da forma como escreves e sobre o que escreves. Às vezes brinco e acham-me graça. Outras vezes, como parece ser agora o caso, brinco e saio-me mal. E quando me saio mal, não me custa retratar-me e pedir-te desculpa se de alguma forma brinquei de forma que não devia. Prometo ter mais cuidado e espero que tenhas percebido que a ortodoxia está longe de ser a minha forma de pensamento.
Uma vez mais peço desculpa por, ao que parece, ter sido ligeiro ou mesmo inconveniente no meu comentário e desejo-te um bom fim de semana.

Madalena disse...

Beijinho para ti, Espumante. Como não me conheces, aí vai toda a verdade possível: já passou! Mas que fiquei um bocadinho "tristinha" fiquei.
Bom fim de semana! Estou "retida" por causa de uma partida de um dentista, por isso não te desejo ainda boas férias. Vais ter de aturar a minha "tralha", mais uns dias!

Cinda disse...

São boas estas tralhas. Voltei, linda, mas deixo-te agora só um beijinho e o convite para o lanche :) Depois venho ler os atrasados, ok?