quarta-feira, 14 de setembro de 2005

A vergonha


Esta notícia do Público causa-me um sentimento de vergonha imensa. É uma realidade que todos os dias esquecemos, muitas vezes mergulhados em problemas nossos sim, mas sem dimensão de tragédia que lhes conferimos.
Este é o retrato da tragédia! Um neto chora com fome no colo da avó. A avó tem a pele seca de fome e sede acumuladas. Será que a humanidade pode continuar "a dobrar o jornal aliviada"?
Ikuam Ekal, de um ano, chora de fome no colo da avó, no distrito de Kalapata, no norte do Quénia. As agências da ONU lançaram ontem um apelo aos países mais ricos: são precisos 29 milhões de dólares para dar assistência a 1,2 milhões de quenianos que se debatem com falta de alimentos e água potável. Foto: Stephen Morrison/EPA

4 comentários:

Laura Lara disse...

Triste, envergonhada e impotente é como me sinto.
Uma lágrima por cada criança assim.

Armando S. Sousa disse...

Tenho batido tanto na mesma tecla no meu blogue, que já não sei o que dizer quando vejo imagens destas, tal é a revolta que vai no meu espírito.
Um abraço.

mmicr disse...

Mada infelizmente são imagens destas que compram a "pena" revoltante dos que decidem, dos que têm. Eu não consigo mais entender as nossas escolhas.
beijo grande pa ti

Anónimo disse...

É vergonhoso que enquanto tem crianças e famílias assim, haja tanta gente que desperdiça comida e dinheiro. A míseria esta atingindo cada vez mais gente no mundo.