segunda-feira, 17 de julho de 2006

Dez anos ou quinhentos...

Hoje celebra-se a Lusofonia, institucionalmente falando!
A Comunidade dos Países de Língua Portuguesa nasceu em Lisboa, há dez anos.
Eu apenas sabia que era uma vez uma língua que os meus avós já falavam que, em muitas terras no mundo, se falava essa mesma língua. Não somos todos iguais: nem por fora, nem por dentro. Há contudo um traço de união entre povos, raças e gerações: a língua.
Era uma vez esta língua transformada pela realidade de cada povo.
Por isso creio que o próximo Nobel da Língua Portuguesa vai ser um Nobel da Lusofonia de sons abensonhados!!!!
Há quem esteja trabalhando a língua de outra maneira; e há outras culturas que pegam nesta coisa que é o português para trabalharem de outra forma., disse Mia Couto.

4 comentários:

Laura Lara disse...

E o Mia Couto trabalha a nossa língua genialmente. É único.
Beijinhos

Pitucha disse...

E eu acredito que a Lusofonia seja um espaço de futuro...mais ainda é preciso trabalhar um pouco!
Beijos

Pedro Ferreira, Visconde de Cunhaú disse...

Sou grande defensor da CPLP, mas não deixo de ficar apreensivo em relação ás declarações que ouvi ontem do primeiro-ministro guineense aquando da visita de José Sócrates. Dizia ele: "Estamos condenados a viver este mundo..." Será que ele encara a lusofonia como um fardo histórico!?
Sou português, resido no Brasil e também já ouvi algumas personalidades daqui queixarem-se que o Brasil deveria ser hispânico! A língua portuguesa é uma barreira dizem estes iluminados! Enfim...

Anónimo disse...

Enjoyed a lot! film editing classes