domingo, 6 de maio de 2007

Dias são apenas dias!

O Dia da Mãe não investe a maternidade de uma honra maior. Todos os dis são dias da mãe e do filho e do pai e do amigo e do vizinho... Contudo, este lamiré dado pelo calendário pode fornecer uma alegria extra a algumas mães, dar uma oportunidade extra a alguns filhos.
Quem sabe? Exista pois, se assim é!
E eu continuarei sempre a pensar que sentimento algum cabe numa data apenas.
Todos somos pais, mães, filhos e filhas para sempre e todos os dias.
Os laços não se desatam, sejam eles feitos com sangue ou dados com o coração.
Eu espero de mim própria estar à altura desta honra imensa de ser mãe e de ser filha. Hoje e sempre!
Um dia feliz!
Aqui, no sul, o dia está azul e, ao longe, vejo o mar...
dias de mães-1
Aqui, nestes entardeceres da vida, os dias também podem ser azuis e, de longe, posso ver e recuperar um mar de lembranças que me trazem de volta as pessoas mais livres dos males que lhes afligem o corpo...

1 comentário:

Isabella disse...

Que bonita mãe!, um beijo às duas, IO.