sábado, 2 de junho de 2007

O tal horoscópio de que fala o FMI

Se isto é horóscopo que se apresente!
Não tem ponta por onde se lhe pegue. Já nem os adivinhos levam as coisas a sério e permitem-se banalidades como "irritar a paciência de Vénus"!
Ontem, os meus alunos do quinto ano pregaram-me uma partida: trouxeram dois caranguejos semi-vivos e puseram nas minhas redondezas na sala de aula. Um deles mesmo em cima da cadeira, na qual me sento muito de vez em quando. Qual Vénus irritada! Quem se irritou fui eu. Mas divirti-me imenso a ler os relatórios da ocorrência elaborados pelos alunos. "Sou inossente!" afirmam muitos, com aquele medo legítimo que todos temos perante o mais pequeno assomo de autoridade. Quebram-se todas as forças e o gozo cai por terra. E a mim, passou-me a irritação. Vénus, segue o meu conselho: não te irrites que não vale a pena. A vida é curta.
Outra coisa que me irrita é o horóscopo dizer que "profissionalmente, terá (terei, pois!) de ultrapassar várias etapas antes de conseguir atingir os seus (meus) objectivos." Eu sei que os astrólogos sabem tudo. Até sabem que abriu a caça ao professor titular. Mas cá para mim, o horóscopo também vem de carrinho, que eu sou 340 e tenho vaga garantida. Tenho pontos para dar e vender. E até tenho outros pontos, da Galp e do Modelo e da Fnac, não vá ser preciso, para chegar ao topo da carreira, como dizia uma amiga minha, apresentar uma prova de assinatura da Revista Máxima!
Mas o que me irritou mesmo foi a previsão das finanças: direi que não tenho um chavo. Quanto vale um chavo? Preciso urgentemente de saber a cotação do chavo.
Saúde boa, diz a Máxima. Então e estas dores todas? As artroses? As dores de cabeça? As indigestões? Isto é boa saúde? É capaz de ser. Estou viva!
É uma "espécie de horóscopo, certamente"! Ou então o astrólogo é Gémeos que é o signo da irreverência, digo eu, que tenho pretensões a dar palpites sobre tudo!
E agora, tenho de ir. Vou a uma festa de casamento e vou-me divertir, porque os casamentos são ocasiões para se ser feliz por ma vida inteira. Quando for o dos meus filhos, estoiro de felicidade.
Aí vai o horóscopo da Máxima de mês de Junho!

Imagem daqui.
CAPRICÓRNIO-21 DEZ / 19 JAN
Os nativos do primeiro decano, à força de procurarem uma alma gémea, irritarão a paciência de Vénus. Os do segundo andarão com a cabeça na Lua, o corpo em brasa e, com falas quentes e mansas, numa expectativa amorosa constante. Os outros, menos incendiados, estarão em paz consigo próprios e com os astros. Profissionalmente, terá de ultrapassar várias etapas antes de conseguir atingir os seus objectivos. Finanças: dirá que não tem um chavo, mas será visto nos melhores restaurantes. Saúde boa.

7 comentários:

Laura Lara disse...

Chavo a chavo enche a Madalena a bolsa...
Espero que a festa tenha sido boa e num dos melhores restaurantes!
Bom fim-de-semana e beijinhos

IC disse...

Capricórnio... também é o meu signo! Fiquei preocupada, de facto ando com despesas extraordinárias, será que vou mesmo dizer que fiquei sem um chavo?? Bem, resta-me a consolação de que me levarão ao restaurante! :)
Beijinho grande, Madalena.

IO disse...

lol, fui lá kuskar o meu e o que o ingénuo do 'gajo' quer é que me cale - 'tá ká k'uma çorte!...

beijo, stôra, IO.

Madalena disse...

Laurinha, a festa foi linda e num sítio paradisíaco, do lado de lá do deserto, na zona saloia que também me diz muito, como sabes. Não perdemos o dromedário das oito para o regresso e ainda bem, pois o pior foi a alergia que "se me explodiu" com tanta exposição à natureza-mãe. Beijinhos para ti.
Isabel, então somos duas persistentes, que é como quem diz teimosas que nem sei lá o quê?! Sem chavo e sem fome, a acreditar no horóscopo. Beijinhos também para ti.
Não há machado que dorte a raíz ao pensamento, Chuinguita, nem a palavra justa que escreves ou dizes. Nem o mais famoso astrólogo, daqueles que fazem greve geral... Mil beijinhos

luis manuel disse...

Com chavo ou sem ele, nos restaurantes ou não... sem irritar a paciência de Vénus... e de outros que não têm "pachorra" para esta lides astrológicas... "dizem que é uma espécie de previsão do futuro !"
No presente há vida. Livre de dores crónicas e incapacitantes... há saúde.
E há pontos !
Um abraço

Pitucha disse...

Irreverentes os gémeos? Nunca tinha pensado nisso!
Beijos

125_azul disse...

É de certeza o Saturno na sétima casa! Dá asneira...
Grata por toda a tua compreensão no assunto das "febras" que atacaram o meu Azulão: acho que até o colesterol dele aumentou desde aquele dia! Beijinhos, semana feliz