domingo, 22 de novembro de 2009

Hello, again!

Hello, Paul!
Pois... Não me conheces de lado nenhum e eu estou aqui a tratar-te por tu com uma intimidade que pode parecer escandalosa aos olhos de muitos. Mas, eu, tu e mais uns muitos milhões de sessentões sabemos que esta intimidade é muito real e muito verdadeira. Não tem nada de especial, nem nada de fingido.
É que nós vivemos um tempo muito, muito especial: o nosso!
(Já o meu pai dizia isso em relação ao Frank Sinatra e aos Eddies todos de que ele falava, como se tivesse andado com eles na escola. Se calhar até andou... Com eles, esses grandes das cantigas e das telas, não andou. Mas andou pelas mesas do café de Lourenço Marques com o poeta Reinaldo (Ferreira). E a minha mãe andou com a Milú e outras estrelas de cinema nos Pátios das Cantigas e nas Costas dos Castelos. Era a figurante mais bonita!)
E agora é assim: (diz-se muito "é assim", antes de se começar mesmo a expor uma ideia.) Soube hoje que vais gravar com o Ringo, outra vez.
Hello, Ringo!
Desculpa ter-te passado assim para "segundos", mas tu eras mesmo o mais feio, dos quatro. O Paul era o mais bonito e tu o mais feio. mas, olha, vês como a idade também ajuda a compor algumas pessoas. Engordaste um bocadinho e o nariz enorme passou a parecer absolutamente proporcionado. Estás giro! Mais giro que o Paul, deixa-me dizer-te assim ao ouvido.
E eu aqui a lembrar-me das expressões do teu rosto que acompanhavam em intensidade a energia com que descarregavas as músicas nos tambores. ( Eu nunca percebi muito bem o que era tocar bateria. Tu foste talvez o único a que eu prestei mais atenção.) Tocavas mesmo de corpo inteiro e os teus braços voavam de um tambor mais longe, para um tambor mais perto à velocidade da nota musical.
Tenho de ir andando. É domingo mas as tarefas domésticas esperam-me. Quem diria que um dia dancei o twist and shout sem pensar na comida para fazer, na roupa para passar, no chão para limpar... Pois... Eu tinha dez anos!

8 comentários:

Gatapininha disse...

Olá Madalena
Faz bem recordar:)

Ainda em relação à gripe, na minha escola peiram para fazer um levantamento das pessoas da comunidade escolar que tivem doenças crónicas. Eu não dei o meu nome, pois está quase decidido que não vou levar, apesar do meu oncologista ter aconselhado por causa dos inúmeros contactos que nós temos.

jokas


Bom domingo e

Anónimo disse...

Muito giro o teu texto. Isto é que é recordar!
Um grande beijinho,
TeresaP

Natália disse...

Madalena
Como sempre é uma maravilha vir aqui ler os teus textos.
Beijinhos e uma boa semana.

Geninha disse...

Olá Madalena

Desculpa a intromossão, mas li no blog da Teresa M, que vais por implantes e estás com medo. Não tenhas já pus 6 no maxilar de baixo e 5 em cima, não custa nada, não tem nada a ver com arrancar um dente.
O importante é fazer muito gelo, nas 48horas seguintes.
Desejo que corra tudo bem.

Beijinho e mais uma vês desculpa , mas achei que podia ser util.

Graça Pereira disse...

Madalena
O que tu foste buscar!!! Vejo-me adolescente,muito adolescente a dançar ao som dos Quatro de Liverpool...Trouxe comigo muitos Lps deles, do Elvis e outros "do meu tempo"( afinal sempre há um tempo para cada geração...) Tens razão o Paul, era o mais bonito...mas a idade não perdoa e toca a todos!!Ainda bem! Dizem que o mal de muitos é conforto! Será?
Também eu precisava de implantes...mas há uma coisa chamada "miufas", embora saiba que não custa nada porque o meu irmão, há muito tempo os pôs e dá-se lindamente...
Se calhar, até nos rimos de uma maneira diferente para a vida... Que achas?
E ao som da música que embalou os meus verdes anos, deixo-te um beijinho amigo e tatá,Amiga!
Graça

Geninha disse...

Bom Dia Madalena

Espero que esteja a correr tudo bem, com os implantes, vais ver que é uma maravilha.
Quanto ao blog,no fundo do meu tem lá Template deluxe carregas e tens muitos para escolher, fazes o download e transferes para o teu.

Se precisares de mais alguma coisa diz.

Beijinhos

Natália disse...

Olá Madalena.
Mesmo com um pouquinho de dor de dentes passa pelo meu Cantinho,tenho um desafio para ti.
Beijinhos

Anónimo disse...

Madalena, escreves tão bem.....a gente assim fica melindrada...tens que reduzir o nível e ficares mais "rasteirinha", à nossa medida
"Prontos", então "é assim:"
Como vai esse maxilar??? Dentinho novo, hem?
espero que tudo esteja a correr bem!
Um abracinho (que isso deve estar dorido)
Um abraço (quando estiveres melhor)
Um abraçãaaaaaao (quando estiveres com dentuça de top model)
TeresaM