domingo, 15 de maio de 2011

Aniversário

Este espaço de escrita/ de confissão/ laboratório de emoções/ e outros nasceu há sete anos.
Há sete anos, eu tinha pai. Para dizer a verdade completa, eu tinha dois pais: o meu e o do Jorge, que ao longo destes anos todos de vida em conjunto se tornou também meu pai de coração. O carinho com que me contemplou sempre fez dele o meu outro pai. Não tem mal acrescentarmos pais aos primórdios dos nossos afectos patrimoniais. Também juntamos filhos e o sentimento não se perde nem se divide, enriquece e robustece-se. E a nós também! Tinha mais tios e mais primos. Pelo caminho deste blog fui perdendo esses pilares da minha construção. Primeiro o meu tio, depois a minha priminha querida que me faz falta. Ela gostava tanto de mim, por que é que se foi embora?
É a saudade que cimenta a escrita deste espaço. É em homenagem a eles que prossigo, para que os que chegarão no futuro saibam quem os precedeu. É sobretudo ao meu pai e ao outro meu pai, ao meu tio e à minha priminha a quem nunca disse adeus, que eu dedico este aniversário! Obrigada por tudo o que me deram!

10 comentários:

Lina Querubim disse...

Um beijinho grande Madá :o)

Isabel Preto disse...

Beijinhos doces...Linda homenagem, em dia de aniversário, cheia de sentimentos e alguma dor, pois, realmente é triste ver partir aqueles que amamos.

Janine disse...

Um beijo enorme, querida Madalena...
Que estes sentimentos lindos nunca desapareçam!!! ;)
Um abraço apertado.

Gatapininha disse...

Bela homenagem:)
Jokas grandes

gabriela disse...

Beijinhos no teu coração, tu és uma pessoa maravilhosa Mada, os donos desta homenagem estão muito orgulhosos de ti.

Jorge disse...

Parabéns, Madalena por mais este aniversário do teu blogue sempre tão agradável e despretencioso. Pela parte que me toca, o meu pai a quem os netos chamavam carinhosamente de Vitó, gostava muito de ti e sempre leu os teus primeiros livros, com prazer e satisfação.
Lá onde todos eles se encontram, estão ansiosos à espera da Felismina...

Cinda disse...

Obrigada Madalena por mais este texto tão rico de emoções descritas, como só tu tão bem sabes fazer. Obrigada por me teres deixado entrar e partilhar um bocadinho da tua vida e teres lugar no meu coração. Beijo muito grande

Graça Pereira disse...

Parabens por mais este aniversário que tu dedicas com a tua alma generosa ,àqueles que partiram,,,mas não da tua vida e muito menos do teu coração! Uma homenagem muito sentida e linda!
Beijo
Graça

Pitucha disse...

Um grande beijo Tia Madalena (tias que se juntam assim por via das letras e que nos enriquecem pela grandeza da alma...)
Beijos

Pitucha

Guida Palhota disse...

Cá vão então 7 beijocas para a menina que alimenta este “espaço de escrita” e ainda o desejo de que continue sempre a presentear-nos com as suas emoções perante a vida e a sua forma doce de a colorir.
E, porque o 7 é o número da perfeição (para mim, é este!), atrevo-me a dizer que temos um blogue maduro, já versado em todas as matérias que na vida importam.

Parabéns, Madalena!